Geraldo Magela|Agência Senado
Geraldo Magela|Agência Senado

Caiado tem agenda de pré-candidato em Salvador

Senador do DEM participou da tradicional Lavagem do Bonfim na capital baiana e se encontrou com o prefeito ACM Neto

Isadora Peron, O Estado de S.Paulo

12 de janeiro de 2017 | 22h20

BRASÍLIA - O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) começou o ano com uma agenda de pré-candidato à Presidência da República. Todo de branco, ele participou da tradicional celebração da Lavagem do Bonfim, em Salvador, e fez críticas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Falando como se estivesse em campanha, o líder do DEM no Senado declarou que Lula não tem “coragem de andar no meio do povo" nem “popularidade para chegar à Presidência" em 2018. O petista esteve na quarta-feira em Salvador, em um encontro do Movimento dos Sem Terra (MST), e afirmou que, se fosse “necessário”, seria candidato nas eleições do ano que vem.

Após participar da cerimônia religiosa, Caiado teve uma reunião com o prefeito de Salvador, ACM Neto, que também é do DEM. Segundo o senador, ele vai sugerir que a Executiva do partido discuta o lançamento de uma candidatura própria em fevereiro, após a escolha dos presidentes da Câmara e do Senado. “Não tem como discutir 2018 em 2018, precisa de uma certa antecedência, de um projeto de governo. Isso não pode ser improvisado no ano da eleição”, disse Caiado.

Para o presidente do DEM, Agripino Maia, ainda é cedo para começar a tratar do assunto e hoje o que está posto dentro da legenda é uma possível candidatura de Caiado ao governo de Goiás. “Ele ainda não conversou sobre isso com o partido, mas o partido tem o maior respeito e apreço pelo senador, e está sempre aberto ao diálogo”, disse.

O líder do DEM na Câmara, deputado Pauderney Avelino (AM), considerou “válido” o posicionamento de Caiado, mas disse que uma eventual candidatura própria do partido em 2018 vai depender de circunstâncias futuras. “Nós temos que ir avaliando, essas coisas têm que tomar uma dinâmica própria”, disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.