AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA
AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

Caiado diz que denúncia confirma indícios de que Lula cometeu crime

Na tarde desta terça-feira, 20, o juiz federal Sérgio Moro acolheu a denúncia por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no esquema de cartel e propina da Petrobrás

Isabela Bonfim, O Estado de S.Paulo

20 de setembro de 2016 | 18h51

BRASÍLIA - O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), acredita que a aceitação da denúncia contra o ex-presidente Lula pela Justiça confirma a força dos indícios de crime. "O recebimento da denúncia pelo Judiciário revela, de modo incontestável, que a denúncia do MPF possui fortíssimos indícios de que Lula praticou os crimes que lhes são imputados", disse. 

Os procuradores da Força Tarefa da Lava Jato ofereceram denúncia contra Lula na semana passada. Na tarde dessa terça-feira, 20, o juiz federal Sérgio Moro acolheu a denúncia por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no esquema de cartel e propina da Petrobrás

De acordo com o Ministério Público, Lula recebeu R$ 3,7 milhões em benefício próprio - de um valor de R$ 87 milhões de corrupção - da empreiteira OAS, entre 2006 e 2012.

As acusações contra Lula são relativas ao recebimento de vantagens ilícitas da empreiteira OAS por meio de um tríplex no Guarujá, no litoral de São Paulo, e ao armazenamento de bens do acervo presidencial, mantidos pela Granero de 2011 a 2016.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.