Cai avaliação positiva do governo Lula, diz pesquisa

A pesquisa do índice de satisfação do cidadão realizada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) com o instituto Sensus mostrou uma queda na avaliação positiva do governo Lula de 51,6% em maio para 46,3% em julho. A avaliação regular subiu de 35,7% para 38,8% e a negativa cresceu de 7,2% para 10,3%. Já a avaliação do desempenho pessoal de Lula manteve-se estável, com a aprovação passando de 78% em maio para 77,6% em julho, e a desaprovação indo de 13% para 14,4%. O presidente da CNT, Clésio Andrade, disse que os números mostram que já começa a haver preocupação com os rumos do governo, mas que, apesar disso, as pessoas depositam esperança e crença muito forte na atuação do presidente. Embora a pesquisa mostre uma queda na expectativa de que Lula fará um bom governo, de 69,6% em maio para 65,2% em julho, esse número continua muito elevado. Andrade destacou ainda, nessa análise, a responsabilidade que 41,4% dos entrevistados atribuem ao governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Outros 19,9% acham que o problema é gerado principalmente pela inflação e apenas 6,1% responsabilizam o governo Lula pelo problema. "A culpa está para trás e a esperança para a frente", sintetiza Andrade. A pesquisa foi realizada entre os dias 9 e 11 de julho com 2 mil pessoas em 195 municípios de 24 Estados.Para ler mais sobre os resultados da pesquisa CNT-Sensus: População tem menos confiança na diminuição do desempregoCai a confiança no governo federal, na Justiça e nas Forças ArmadasÍndice de satisfação do cidadão fica estávelMaioria da população acha que paga muito impostoAvaliação pessoal do presidente é boa, avalia o ministro Mantega

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.