CAE aprova convite para ouvir Meirelles e Casseb

A comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou hoje requerimento convidando os dois presidentes, Henrique Meirelles (Banco Central) e Cássio Casseb (Banco do Barsil), para compareceram a uma sessão conjunta da CAE com a Comissão de Fiscalização e Controle. O acordo para votação unânime na CAE alterou os termos do requerimento aprovado. Os requerimentos originais tratavam especificamente das denúncias públicas pelas revistas semanais sobre declarações de Imposto de Renda dos dois presidentes. Com a alteração, o requerimento passa a convidá-los para tratar, no caos de Meirelles, da política econômica. E, no caso de Casseb, para falar nos critérios de aprovação de financiamento no banco. A mudança do teor dos requerimentos, no entanto, não impede que os integrantes das comissões façam perguntas específicas sobre a questão do Imposto do Renda. A data das audiências ainda será acertada com os convidados. O senador Almeida Lima (PDT-SE) chegou a sugerir que Casseb e Meirelles fossem convocados. Mas o presidente da Comissão, Ramez Tebet (PMDB-MS), lembrou que o regimento só permite a convocação em requerimento aprovado pelo plenário do Senado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.