Cachoeira casa com Andressa e não viaja em lua de mel

O bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, 49, se casou nesta sexta-feira à noite, pouco depois das 20 horas, com a empresária Andressa Alves Mendonça, 30. A cerimônia foi realizada na residência do casal, na rua Lúpus, Condomínio Alphaville Residencial Cruzeiro do Sul, em Goiânia. O evento foi preparado para receber cerca de 50 convidados, e foi fechado aos jornalistas. Os noivos não viajarão em lua de mel, pois Cachoeira tem que pedir autorização da Justiça para sair de Goiânia.

PEDRO PALAZZO, Agência Estado

28 de dezembro de 2012 | 20h48

A parte religiosa ficou a cargo de um pastor da Igreja evangélica Videira. Cachoeira se converteu ao neopentecostalismo depois de ter sido preso, em 29 de fevereiro, sob acusação de comandar esquema de jogos ilegais e corrupção de agentes públicos. Ele foi condenado em primeira instância a 39 anos de prisão pelos crimes e recorre em liberdade.

A festa para os convidados acontece no mesmo local da cerimônia religiosa. Sobrinho de Cachoeira, o vereador de Anápolis Fernando Cunha Neto (PSDB) é um dos convidados: "Hoje é aniversário da minha filha. Mas vou tentar ir para lá mais tarde." O evento tinha sido marcado para o dia 22 no clube social do condomínio de luxo, mas foi adiado.

Cachoeira e Andressa se conheceram em 2009, durante um jantar na casa dela e do então marido, o hoje senador Wilder Morais (DEM-GO). Áudios da Operação Monte Carlo revelam que o relacionamento começou enquanto ela ainda era casada.

Em agosto, o bicheiro aproveitou a audiência na Justiça Federal em Goiás para dizer a Andressa que se casaria um dia depois de ser solto.

Cachoeira deixou a prisão nos primeiros minutos em 21 de novembro e voltou a ser preso em 7 de dezembro. Deixou a cadeia quatro dias depois e marcou a data do casamento.

O casal não poderá cumprir a tradição de passar a lua de mel em viagem. A condenação imposta pela Justiça inclui retenção de passaporte e determinação para permanecer em Goiânia. Qualquer viagem deve ser autorizada pelo Poder Judiciário.

Tudo o que sabemos sobre:
Carilinhos Cachoeiracasamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.