Cabral sinaliza que Temporão será o ministro da Saúde

O governador do Rio, Sérgio Cabral Filho (PMDB), sinalizou nesta sexta-feira que o médico José Gomes Temporão deverá ser indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o Ministério da Saúde. "Eu acho que ele é o melhor nome para ser gestor de uma área estratégica para o Brasil e para o Rio de Janeiro, mas principalmente para o Brasil", afirmou Cabral, que participa de um evento de tecnologia da informação, no Rio. O governador confirmou que conversou com o presidente na quinta, mas não quis contar se ele lhe antecipou o nome do ministro da Saúde. Em seguida, Cabral perguntou aos jornalistas se Temporão já tinha sido anunciado ministro. Ao perceber o deslize, emendou: "Quem pode anunciar o ministro é o presidente, não sou eu. Imagina que coisa mais indelicada... Claro que seria indelicado eu anunciar". Repentinamente, ele perguntou: "Já anunciou ou não?". Cabral participou da Conferência Internacional de Softwares e Terceirização de Serviços de Informática, no Rio.Foi Cabral quem filiou Temporão, ex-presidente do Instituto Nacional do Câncer (Inca), ao PMDB, por sugestão de Lula. O governador e o presidente se alinharam na defesa do nome de Temporão para a Saúde, quebrando a resistência do PMDB, que desejava um deputado do partido.(Com Adriana Chiarini)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.