Cabral: emenda de Ibsen Pinheiro ao pré-sal é 'absurda'

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), disse hoje não acreditar que a emenda do deputado Ibsen Pinheiro (PMDB-RS) ao principal projeto do marco regulatório do pré-sal será aprovada. "É tão absurda essa emenda do meu querido Ibsen que acho que não passa. Chega a ser caricata", disse Cabral, ao chegar ao Itamaraty para participar da cerimônia de assinatura dos compromissos da União com Estados e municípios que sediarão a Copa do Mundo de 2014.

LEONARDO GOY, Agencia Estado

13 de janeiro de 2010 | 19h17

A emenda de Ibsen Pinheiro, que também tem como autor o deputado Humberto Souto (PPS-MG), propõe uma divisão mais equitativa dos royalties entre os Estados, usando os critérios dos Fundos de Participação dos Municípios e dos Estados (FPM e FPE). Na prática, isso tiraria dinheiro dos Estados produtores, como o Rio de Janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.