Cabral chama Dilma de presidente

O governador do Rio, Sérgio Cabral Filho (PMDB), cometeu um ato falho ontem de manhã, na solenidade de início das obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), em Itaboraí. Ao fazer uma defesa da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, ele chegou a chamá-la de presidente."Eu quero aqui homenagear a nossa companheira Dilma. Este Comperj aqui tem a rubrica da presidente, da ministra Dilma." O deslize provocou risos na platéia. Após o ato falho, a ministra fechou o semblante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.