Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

Cabral cede e diz que receberá 'Ocupe Delfim Moreira'

Grupo de jovens está acampado desde de sexta-feira, 21, na orla do Leblon, a poucos metros do edifício onde mora o governador

LUCIANA NUNES LEAL, Agência Estado

25 Junho 2013 | 13h13

RIO - No quinto dia de mobilização do movimento Ocupe Delfim Moreira, o governador Sérgio Cabral (PMDB) disse que está pronto para receber uma comissão de manifestantes. O grupo de jovens está acampado desde a noite de sexta-feira, 21, na orla do Leblon, a poucos metros do edifício onde mora o governador, na Rua Aristides Espínola. O quarteirão do prédio de Cabral está fechado aos carros e ocupado pela Polícia Militar.

Dois representantes de Cabral, os secretários de Governo, Wilson Carlos, e de Assistência Social e Direitos Humanos, Zaqueu Teixeira, foram nesta terça-feira, 25, ao Leblon conversar com os manifestantes e levar o convite do governador para que um grupo vá ao Palácio Guanabara.  Um dos interlocutores dos manifestantes, o estudante Bruno Cintra, disse que o movimento Ocupe Delfim Moreira vai se reunir em assembleia para deliberar sobre o encontro com o governador, formar uma comissão e fechar uma pauta de reivindicações. "Tivemos uma conversa muito boa com os secretários, explicamos que nossa dinâmica passa por assembleias. Queremos chegar preparados ao encontro com o governador", afirmou Bruno.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.