Cabra de pesquisas da USP de Pirassununga desaparece

Uma cabra utilizada para estudos na Universidade de São Paulo (USP) de Pirassununga está desaparecida desde a madrugada de domingo. O animal era utilizado em uma pesquisa sobre lactação e o consumo de sua carne e leite pode provocar inflamações nos rins e fígado, de acordo com o Departamento de Ciências Básicas. A cabra é de cor parda, tem três anos e aproximadamente 40 quilos. A universidade suspeita de roubo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.