Bush é recepcionado com caldo-de-cana na Petrobras

O cerimonial organizado para o encontro dos presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e dos Estados Unidos, George W. Bush, nas instalações da Petrobras, em Guarulhos, preparou uma típica bebida brasileira para recepcionar o estadista norte-americano: o caldo de cana. Segundo informações repassadas para a Agência Estado por uma fonte com acesso à comitiva presidencial norte-americana a típica bebida feita a partir da cana-de-açúcar foi uma sugestão para celebrar o tema principal do primeiro evento oficial entre os dois presidentes, que é o etanol, também extraído da cana-de-açúcar. Os presidentes chegaram por volta das 10h30 às instalações da Petrobras, onde funciona também um terminal da Transpetro. A comitiva norte-americana, que deixou o Hotel Hilton por volta das 9 horas, foi ao local por via terrestre. Já o presidente Lula chegou de helicóptero. Antes do início oficial do evento os dois presidentes terão uma rápida conversa, segundo informam assessores. Depois do breve encontro, os dois seguem para a tenda montada no pátio da empresa, onde será realizada o evento.A imprensa chegou ao local por volta das 9 horas e encontrou vários agentes do Exército, Polícia Federal e dos Estados Unidos monitorando o caminho. Por questões de segurança os repórteres chegaram ao local transportados em ônibus designados especialmente para a ocasião. Duas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) móveis também estão no local para atender eventuais emergências.O presidente Bush verá nas instalações como é feita a mistura do álcool à gasolina. Ele também conhecerá de perto os veículos da Ford e da General Motors (GM) que rodam com tecnologia flex fuel (bicombustível). O presidente da Anfavea, Rogélio Golfarb, disse que da Ford serão exibidos os modelos Ecosport e Fiesta, na versão 1.6.O presidente norte-americano chegou na quinta-feira a São Paulo, de onde partirá ainda nesta sexta. Ele desembarcou no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, com a primeira-dama, Laura Bush, às 20h15. No Brasil, o principal objetivo de Bush é negociar a produção e comercialização de etanol e biodiesel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.