Buratti depõe sexta-feira em Brasília

O depoimento de Rogério Tadeu Buratti à Polícia Federal, marcado para hoje, em Brasília, foi transferido para às 10 horas de sexta-feira próxima. O advogado de Buratti, Roberto Telhada, alegou que seu cliente tinha compromissos particulares marcados para hoje, para pedir a transferência do depoimento. Segundo o delegado César Valdemar dos Santos Dias, da PF de Ribeirão Preto, Buratti foi intimado ontem. Ele disse que não sabe de detalhes da mudança da data do depoimento. Buratti afirmou, através de sua assessoria de imprensa, que nada tem a temer e que espera a formalização oficial da denúncia para formular a sua defesa.Os promotores do Ministério Público Estadual vão ouvir, amanhã, às 16 horas, o contador João Francisco Cândido, dono da Star New, que cuida das contas da BBS Consultores, de Buratti, e do Grupo Leão Leão. Segundo o promotor Aroldo Costa Filho, esse depoimento é o único procedimento marcado para esta semana sobre o caso Buratti. Cândido iria depor na semana passada, mas Telhada também pediu o adiamento. Antes disso, os promotores haviam recolhido documentos no escritório da Star New para análise. Costa Filho informou ainda que encaminhou ofícios à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal para que enviem cópias de documentos sobre o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.