TIAGO QUEIROZ / ESTADÃO
TIAGO QUEIROZ / ESTADÃO

Bruno Covas recebe alta médica após inflamação

Prefeito de São Paulo havia se internado na noite de quarta-feira com dores na região do abdome

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

15 de maio de 2020 | 14h47

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), recebeu alta médica no começo da tarde desta sexta-feira, 15, após ficar internado desde a noite de quarta-feira no Hospital Sírio Libanês, no centro de São Paulo, para tratar um colite autolimitada, inflamação no intestino. Segundo boletim médico do hospital, "o prefeito apresentou rápida melhora clínica e, após período de vigilância médica, deixou o hospital hoje".

Covas passou o dia no hospital porque a inflamação ocorreu em meio a um tratamento que o prefeito ainda faz contra um câncer metastático que atinge seu sistema digestivo. Entre novembro e fevereiro, o prefeito fez oito sessões de quimioterapia, e agora segue o tratamento com imunoterapia. Os médicos queriam investigar se a infecção poderia ter sido causada por algo relacionado ao câncer ou se poderia estar ligada a outros fatores, o que incluiria até estresse.

A colite autolimitada, que tem melhora espontânea, foi descoberta após exames.

O prefeito não se licenciou do cargo durante a internação e segue com suas atividades normais. 

Tudo o que sabemos sobre:
Bruno Covas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.