Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Bruno Covas está 'ótimo', mas segue sem previsão de alta, diz novo boletim

Prefeito continua internado no Hospital Sírio-Libanês para ajuste de medicação anticoagulante

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

16 de dezembro de 2019 | 15h42

Novo boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio-Libanês na tarde desta segunda-feira, 16, afirma que o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), continua internado sem previsão de alta, mas seu estado de saúde é "ótimo", segundo o texto. Covas se mantém internado no hospital para "ajuste do anticoagulante" que está tomando desde que teve uma hemorragia no interior do fígado, na semana passada.

"O prefeito Bruno Covas encontra-se estável, em ótimo estado clínico, sem sinais de sangramento. Porém, continua internado para ajuste do anticoagulante. Não há previsão de alta hospitalar", diz a nota, assinada pelos médicos Fernando Ganem. diretor de Governança Clínica, e Maria Beatriz Souza Dias, diretora clínica do hospital.

Covas trata de um câncer metastático que atinge seu sistema digestivo e já faz quatro sessões de quimioterapia. Deve fazer uma próxima sessão na semana que vem, e continuar até totalizar oito sessões, o que deve ocorrer em fevereiro.

Na semana passada, durante um exame que consistia na instalação de um clipe metálico no fígado, o prefeito teve um sangramento no órgão, contido com um procedimento que bloqueou a circulação na área atingida. Por isso, ele foi para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), onde ficou da última quarta-feira, 11, à ultima sexta, 13.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Bruno Covas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.