Brizola rejeita apoio a Lula

O presidente nacional do PDT, Leonel Brizola, rejeitou nesta quarta-feira a proposta de apoio à candidatura do petista Luiz Inácio Lula Silva à Presidência da República. A idéia de aliança com Lula é defendida pelo líder pedetista na Câmara, Miro Teixeira (RJ), porque o PDT, depois do rompimento com o presidenciável do PPS, Ciro Gomes, está sem um nome para a disputa de 2002.?Eu pedi ao Miro para que compre uma serra que corta madeira para ver se consigo serrar o salto alto do Lula?, ironizou Brizola, após uma reunião com a bancada do PDT na Câmara e Senado.?Há muito tempo que não se cogita uma parceria com o PT, porque o partido está atuando com salto muito alto?, acrescentou. Para ele, o PT está-se tornando uma legenda ?neoliberal?.Brizola descartou ainda a possibilidade de o PDT reaproximar-se de Ciro Gomes. ?Ciro preferiu o Brito (ex-governador do Rio Grande do Sul Antonio Brito, que deixou o PMDB e se filiou ao PPS), então que fique com ele?, afirmou o pedetista.O vice-presidente nacional do PT, deputado José Genoíno (SP), rebateu as críticas de Brizola. ?Nossos adversários não serão Itamar, Brizola, Ciro e Garotinho; nós estamos preparados para engolir esses desaforos e não respondê-los?, declarou o petista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.