Brizola diz que Genoino "pisou na bola"

O presidente nacional do PDT, Leonel Brizola, afirmou nesta quarta-feira que a escolha de integrantes do governo está causando "muitos dissabores" ao partido, mas negou que a bancada pedetista no Congresso vá retirar o apoio ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Brizola disse que o presidente do PT, deputado José Genoino, "pisou na bola" ao afirmar que, se o PDT se afastar do governo, o ministro das Comunicações Miro Teixeira, que é do PDT, continuará próximo do presidente Lula. O motivo do descontentamento de Brizola foi a escolha do deputado pedetista Airton Dip para a presidência da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. O PT escolheu Dip sem consultar Brizola, que havia indicado outros dois nomes.Veja o índice de notícias sobre o Governo Lula-Os primeiros 100 dias e o Congresso

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.