Brizola critica e Ciro elogia aliança PT/PL

O presidente nacional do PDT, Leonel Brizola, criticou nesta quarta-feira a decisão do PT de negociar a formalização de uma aliança com o PL, partido que abriga a bancada parlamentar ligada à Igreja Universal do Reino de Deus.?Acho que o Lula (presidenciável petista Luiz Inácio Lula da Silva) está cometendo um erro grave ao tentar incorporar a Universal à coligação?, disse Brizola, referindo-se ao encontro da cúpula petista nesta terça-feira à noite com o deputado Bispo Rodrigues (PL-RJ), coordenador político da Universal.Segundo Brizola, o PDT é hoje um partido ?mais à esquerda? dos petistas por causa da opção do PT por um discurso moderado. Brizola desembarcou nesta quarta-feira em Brasília e encontrou-se rapidamente com o pré-candidato do PPS à Presidência da República, Ciro Gomes.Ao contrário de Brizola, Ciro declarou que o PT assumiu o espírito da democracia por estar buscando aliados de centro, como o PL. ?Numa democracia, não dá para governar sem alianças. Ainda bem que o PT está aprendendo e construindo um programa comum entre as legendas?, declarou Ciro.Nesta quinta-feira, Brizola, Ciro e a cúpula do PTB, forças que podem estar unidas na eleição presidencial, têm uma reunião para tentar acabar com divergências sobre a votação do projeto que flexibiliza a Consolidação das Leis de Trabalho (CLT) no Senado. Enquanto o PDT é contra a proposta, o PTB é favorável à mudança na CLT. Para dirigentes pedetistas, as diferentes posições sobre o assunto podem atrapalhar a aliança entre os três partidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.