Brizola chega ao velório e elogia Roberto Marinho

O ex-governador do Rio de Janeiro, Leonel Brizola, acaba de chegar ao velório do empresário Roberto Marinho. Durante toda a vida pública de Brizola, ele e o jornalista foram adversários políticos e tiveram grandes divergências. Apesar de ser adversário histórico, Brizola elogiou o empresário. "Foi um homem do qual pudemos discordar, e muitas vezes o fizemos. Acho que mereceu no curso de sua vida a admiração de todos os brasileiros pela capacidade, pelo ardor, com que defendeu suas idéias," disse Brizola. "E todos nós, seus adversários, estamos aqui para render homenagens a ele, a todos os seus colaboradores, a toda essa multidão de jornalistas e artistas que atuaram por ele, aos quais ele abriu oportunidade. Estou aqui também trazendo os sentimentos de um grande amigo comum, que é o doutor Mário Soares (ex-presidente de Portugal). Em nome dele, quero trazer o calor da nossa solidariedade a sua família, a seus filhos, à dona Lily (viúva de Roberto Marinho) e a toda essa multidão de colaboradores que o ajudaram a construir essa grande obra que foram as Organizações Globo." Brizola, que durante os dois governos, teve vários confrontos em que atacou duramente as empresas de Marinho, disse ainda, antes de entrar no velório, "que ele foi um grande brasileiro, soube lutar por suas idéias com grande firmeza, com grande valor." "Porque nós, democratas, partimos do princípio que só o confronto das idéias é que nos leva à verdade, como dizia Ary Carvalho (que foi proprietário do jornal O Dia e morreu recentemente).Veja galeria de fotos

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.