Brindeiro denuncia deputado por suposta fraude contra o SUS

O procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, denunciou nesta semana no Supremo Tribunal Federal (STF) o deputado federal Remi Trinta (PL-MA) por suposta fraude contra o Sistema Único de Saúde (SUS) por meio de irregularidades como dupla cobrança de procedimentos.Se o STF aceitar a denúncia, será aberta uma ação penal contra o parlamentar, que é o dono da Clínica Santa Luzia, em São Luiz, no Maranhão. O Ministério Público Federal quer que Trinta e seus sócios sejam processados e condenados por supostamente terem cometido o crime de estelionato.Conforme a procuradoria, as fraudes teriam alcançado cerca de R$ 700 mil apenas no ano de 1995. ?Evidencia-se que Remy Abreu Trinta, Maria José Abreu Trinta e Nilson Santos Garcia, proprietários e administradores da Clínica Santa Luzia, beneficiaram-se diretamente desse esquema de fraudes que, por sua condição de administradores, não poderiam desconhecer, aproveitando-se das Autorizações de Internação Hospitalares (AIHs) falsas para buscar, junto ao Sistema Único de Saúde, pelo menos ao longo de 1995, o pagamento de serviços hospitalares indevidos?, argumenta o Ministério Público.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.