Brindeiro aguarda relatório para decidir quebra de sigilo

O procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, informou, nesta quarta-feira, que vai aguardar o relatório do subprocurador Paulo de Tarso sobre o pedido de quebra de sigilo bancário do senador Jader Barbalho e parentes dele para identificar os beneficiários dos desvios de recursos públicos do Banpará (Banco do Estado do Pará).Brindeiro disse que vai aguardar também informações pedidas ao Banco Central e que poderá ser tomada até quarta-feira da próxima semana uma decisão final para encaminhar ao Supremo Tribunal Federal o pedido de quebra de sigilo de Barbalho.Brindeiro disse que já tem todas as informações e já fez uma avaliação preliminar do caso, mas quer aguardar os documentos oficiais para fazer uma avaliação final.Em relação, especificamente, ao levantamento dos recursos que devem ser devolvidos aos cofres públicos, Brindeiro observou que é preciso fazer uma investigação para se apurar se há ou não recursos federais entre os valores desviados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.