Brasileiros vão fantasiados votar em Nova York

Alguns brasileiros resolveram votar fantasiados neste domingo para presidente da República em Nova York, em comemoração ao Dia das Bruxas. Entre as fantasias estavam a de Alice no País das Maravilhas, marinheiro, gaúcho e mineiro chileno. Nova York é o maior eleitorado brasileiro no exterior, com 21.076 eleitores registrados.

LUCIANA XAVIER, Agência Estado

31 de outubro de 2010 | 18h06

Desse total, 8.809 eleitores ou 42% compareceram para votar no primeiro turno. O cônsul-geral do Brasil em Nova York, Osmar Chohfi, disse esperar um número semelhante ou um pouco menor neste segundo turno. O candidato do PSDB, José Serra, venceu em Nova York no primeiro turno, com 45,2% dos votos válidos. A candidata do PT, Dilma Rousseff, ficou em segundo lugar, com 26,5% dos votos válidos, seguida por Marina Silva, do PV, com 25,3% dos votos válidos.

Faltando cerca de uma hora para o final da votação, nenhum incidente foi registrado e, ao contrário do primeiro turno, não houve filas para entrar no Metropolitan Pavilion, no bairro de Chelsea, apenas fluxo intenso ao longo de todo o dia.

O eleitorado de Nova York engloba os estados de Nova York, Nova Jersey, Pensilvânia e Ilhas Bermudas. Nos EUA, o total de eleitores brasileiros inscritos é de 66.940. Na eleição presidencial de 2006, dos cerca de 12.600 eleitores inscritos em Nova York, 30% compareceram para votar.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2010votaçãoNova York

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.