Brasil tem instituições sólidas e democráticas, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez uma defesa da democracia existente no Brasil ao receber o prêmio Woodrow Wilson, em Nova York. O "Brasil é país de instituições sólidas e democráticas", discursou. Lula ainda deu o exemplo do governo de esquerda em El Salvador para citar uma ocorrência que classificou como "responsável" - a vitória nas eleições por meio de um processo democrático.

NALU FERNANDES, Agencia Estado

22 de setembro de 2009 | 02h37

O presidente diz que nunca teve problema para aprovar nada que fosse importante no Congresso brasileiro. Na América do Sul, Lula citou como conquistas a "construção da Unasul, a construção do conselho de defesa sul-americana e o combate ao narcotráfico na Unasul". A região, afirmou, é "pacifica, tranquila e democrática".

Lula diz não ter dúvida de que brasileiros e americanos precisam "cooperar para que possamos garantir que a democracia seja consolidada. Por isso é que Brasil e EUA repudiaram o que aconteceu em Honduras. Nos não podemos aceitar mais golpe militar", afirmou o brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaEUAprêmiodiscursodemocracia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.