Brasil precisa mais de empresários do que de mim, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse a uma platéia formada por empresários que o País necessita mais dos empresários do que do próprio presidente. "Não temos espaço para o pessimismo, para ficar chorando pelo o que não está acontecendo. O momento é de fazer acontecer, porque o Brasil precisa de mim, mas precisa muito mais de vocês (empresários), que podem mais do que o governo", disse Lula, ao discursar na cerimônia de criação da organização não-governamental (Apoio Fome Zero), no hotel Unique, em São Paulo.Lula defendeu a importância que os empresários terão nos projetos do governo de combate à pobreza. "Temos que ter atitudes e estender a mão para quem precisa", afirmou. Lula destacou a notoriedade que o combate à miséria tem ganho em todo o mundo, ao citar uma mudança de posição sobre esse tema do presidente norte-americano, George W. Bush. "Em janeiro, em Davos, o ex-presidente Bill Clinton me avisou que o presidente Bush não era muito sensível às questões sociais. No mês passado, o presidente Bush me chamou para conversarmos e disse que não queria discutir a guerra, mas sobre a miséria no mundo e também desenvolvimento. Isso é um passo extraordinário, cinco meses depois", afirmou Lula. No evento, a primeira-dama Marisa Letícia da Silva tomou posse como presidente de honra da organização não governamental (ONG), mas não discursou. Após a cerimônia Lula à sua residência em São Bernardo do Campo, onde dormirá, e amanhã, às 9h00 segue para a Europa, tendo como primeiro destino Portugal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.