Brasil oferece aviões Super Tucanos à República Dominicana

O Brasil ofereceu à República Dominicana a venda de uma frota de oito a dez aviões de combate Super Tucanos, por meio de um financiamento de 100% do valor da compra, para resguardar a segurança do espaço aéreo dominicano, disse na quinta-feira, 15, o chefe da Força Aérea do país, major-general Pedro Rafael Peña Antonio.Peña Antonio não forneceu mais detalhes sobre a proposta, alegando que ela ainda está sendo avaliada porque é preciso determinar o custo por aeronave, assim como a garantia de um banco de peças de reposição.O custo de cada um dos aviões dependerá do número de unidades que o governo dominicano pretende adquirir, explicou o militar.A Força Aérea Dominicana precisa de aviões de combate velozes para serem usados em perseguições de aeronaves não-identificadas, que penetrem no espaço aéreo do país, especialmente as usadas por narcotraficantes internacionais.Viagem oficialA Presidência da República autorizou o assessor especial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Marco Aurélio Garcia, a afastar-se do País para participar do seminário El Nuevo Contexto Político en las Américas: Perspectivas sobre las Relaciones entre EEUU y América Latina e el Caribe, em Santo Domingo, na República Dominicana.O despacho da chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, autorizando a viagem de Garcia, entre 18 e 22 de fevereiro, está na edição desta sexta-feira, 16, do Diário Oficial da União.(Colaborou Neri Vitor Eich)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.