Brasil oferece a Chávez possibilidade de se tratar

O Ministério das Relações Exteriores confirma que o Brasil ofereceu ao presidente venezuelano Hugo Chávez a possibilidade de acessar hospitais brasileiros, dentro do tratamento que ele realiza contra o câncer.

EQUIPE AE, Agência Estado

06 de julho de 2011 | 20h35

O oferecimento de hospitais brasileiros foi realizado pelo ministro das Relações Exteriores brasileiro, Antônio Patriota, ao chanceler venezuelano, Nicolás Maduro, em contato telefônico realizado no início da semana. Segundo o Itamaraty, a oferta foi apresentada em termos gerais, ou seja, colocando a rede brasileira de saúde à disposição de Chávez.

Maduro agradeceu Patriota pela oferta, mas o governo venezuelano não sinalizou até agora se aceitará ou não a sugestão. Depois desse telefonema, inclusive, o ministro brasileiro chegou a viajar para a Venezuela. Ontem, Patriota participou, em Caracas, das celebrações do Bicentenário da Declaração de Independência da Venezuela, mas retornou ao País sem ter a resposta se Chávez teria optado por receber atendimento médico no Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
saúdeCháveztratamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.