ERNESTO RODRIGUES/ESTADAO
ERNESTO RODRIGUES/ESTADAO

Brasil não será mais um País socialista, diz Eduardo Bolsonaro

Deputado federal, filho do presidente eleito, concedeu entrevista à emissora norte-americana durante viagem aos EUA

Marcelo Osakabe, O Estado de S.Paulo

02 Dezembro 2018 | 12h57

O Brasil não vai ser um País socialista e não deve aceitar o resultado das eleições venezuelanas, afirmou o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro.

"Não vamos mais ser um país socialista e estamos contentes em ficar mais próximos dos EUA", disse o deputado, que concedeu entrevista neste final de semana à rede de TV norte-americana Fox News. "Vamos buscar não reconhecer a última eleição na Venezuela", acrescentou, citando supostos problemas de comparecimento às urnas.

Eduardo fez uma viagem aos EUA na semana passada, onde participou, entre outros eventos, da festa de aniversário de Steve Bannon, ex-estrategista de campanha de Donald Trump. Na entrevista à Fox News, o parlamentar reiterou ainda o desejo de seu pai de transferir, assim como pretende o presidente dos EUA, a embaixada brasileira em Israel de Tel Aviv para Jerusalém. 

Mais conteúdo sobre:
Eduardo Bolsonaro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.