Brasil não pode apenas punir algozes, diz Lula

Em homenagem ao fundador do PT Apolônio de Carvalho, o presidente Lula disse ontem, no Rio, que o Brasil não deve apenas punir algozes, mas também reverenciar resistentes e perseguidos como heróis. "A gente fica chorando muito a morte dos nossos mortos e não os transforma em heróis. O Brasil é um País sem herói."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.