Brasil enviará ajuda a haitianos

A Presidência da República informou há pouco que, por determinação do presidente Lula, o governo brasileiro promoverá remessa de ajuda humanitária ao Haiti, onde cerca de duas mil pessoas morreram na tempestade Jeanne e centenas de outras estão desabrigadas.Em um primeiro momento, para facilitar o transporte, as doações serão recebidas apenas nos quartéis das Forças Armadas em Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. A coordenação da ajuda é do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência.As maiores carências dos haitianos são roupas leves, calçados e alimentos de consumo imediato (que não exijam água potável para serem preparados), tais como biscoitos, barras de cereais, chocolates, leite longa vida em caixa, doces em pasta, rapaduras e comestíveis enlatados, entre outros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.