Brasil e EUA fazem acordo de pesquisa de energia nuclear

O porta-voz da Presidência do Brasil, André Singer, informou hoje à noite, na capital norte-amerciana, que o ministro de Ciência e Tecnologia, Roberto Amaral, assinou um acordo com a Secretaria de Energia dos Estados Unidos que prevê a inclusão do Brasil nas pesquisas para o desenvolvimento da tecnologia de geração de energia nuclear de quarta geração. Singer explicou que se trata de uma energia teoricamente menos poluente e com menos risco de vazamento de radiatividade. Entre os países envolvidos nessas pesquisas estão o Japão e o Canadá. Ainda nessa área, a ministra de Minas e Energia, Dilma Rousseff, assinou um protocolo de cooperação técnica com Washington que permitirá, principalmente, a cooperação dos EUA com Brasil nas áreas de pesquisa tecnológica e de planejamento e uso de energia renovável. Segundo explicação da Dilma Rousseff, um dos principais interesses do Brasil é a exploração de oportunidades que resultarão da eventual aprovação da nova Lei de Energia dos Estados Unidos. Um dos principais tópicos dessa legislação é a obrigatoriedade do aumento dos níveis de aditivos de origem vegetal nos combustíveis, principalmente no diesel. A ministra comentou que os EUA têm experiência com biodiesel elaborado a partir da soja e com etanol produzido a partir do milho como aditivo. O Brasil teria condições de oferecer aditivos a partir da mamona e do etanol. Para ler mais sobre a cúpula Brasil-EUA: » Lula avalia como "ótima" sua visita aos EUA » Lula fala sobre sua relação pessoal com Bush » Lula e Bush, envolvidos na negociação da Alca » Lula e Bush elevam patamar de diálogo entre Brasil e EUA » Palocci considera factível queda dos juros para um dígito » Lula comenta nos EUA a morte do segurança de seu filho » Lula diz que redução da taxa de juros é sonho pessoal » Palocci e Snow criam grupo de trabalho para crescimento » Transgênicos e parcerias são destaques na cúpula Brasil-EUA » Lula e Bush trocam elogios » Lula e Bush se reúnem na Casa Branca Os preparativos » Alca é prioridade para autoridades do Brasil e dos EUA » Brasil e EUA assinarão cinco acordos » EUA e Brasil deverá liderar a criação da Alca » Após ver Bush, Lula terá encontro com o chefe do FMI

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.