Brasil e EUA assinam cooperação em Copa e Olimpíada

Texto, porém, deixa claro que não existe compromisso e não gera direitos ou obrigações entre os dois países

Lisandra Paraguassu, de O Estado de S. Paulo

19 de março de 2011 | 10h44

 Brasília - Brasil e Estados Unidos assinaram na manhã deste sábado, 19, memorando de entendimento para cooperação na organização da Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, e da Copa do Mundo de 2014. As obras de infraestrutura dos dois eventos desportivos são algumas das áreas que mais despertaram interesse dos americanos no Brasil, mas o memorando deixa claro que não existe um compromisso, não gera direitos ou obrigações entre os dois países.

Veja também:
linkObama deve mesmo apoiar Brasil no Conselho de Segurança da ONU

linkBrasil e EUA assinam acordo econômico

linkGovernos assinam acordo para transporte aéreo

linkEm visita simbólica, Obama quebra inércia bilateral de oito anos

linkAmericano chega para 'recomeçar' relação

linkIrã segue tema incômodo no diálogo entre Brasil e Estados Unidos

especialESPECIAL - O Tour político e turístico de Obama

O memorando prevê a cooperação e troca de experiências com visitas de planejamento a cidades que sediaram recentemente eventos semelhantes, consultas entre os governos e, principalmente, missões de comércio e exposições comerciais no Brasil e nos Estados Unidos e promoção de parcerias público-privadas para obras e outros empreendimentos.

O texto estabelece, ainda, que os Estados Unidos oferecerão capacitação e treinamento para pessoas de baixa renda tentarem se beneficiar dos dois eventos e também programas de ensino de inglês.

De olho no crescimento da economia brasileira, os americanos chegam para essa visita com interesses específicos nas obras da Copa e da Olimpíada e também na exploração do pré-sal. A intenção de Barack Obama, já declarada publicamente, é aumentar o comércio e o investimento na América Latina para impulsionar a economia e a criação de empregos nos Estados Unidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.