Brasil cria 2,4 milhões de empregos até outubro

Vagas geradas no ano já superam as abertas em 2009, quando 2,1 milhões de postos de trabalho foram inaugurados.

BBC Brasil, BBC

19 de novembro de 2010 | 17h48

O Ministério do Trabalho e Emprego anunciou nesta sexta-feira que o país criou 2,4 milhões de empregos em 2010 até o mês de outubro.

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), só em outubro foram abertas 204 mil vagas.

Com o resultado, faltam 93,7 mil empregos para que o ministério cumpra a previsão anual feita no início de 2010.

As vagas geradas até outubro já superam as criadas em 2009, ano que detém o recorde histórico na abertura de vagas, com 2,1 milhões de postos de trabalho inaugurados.

De acordo com o Caged, há 43,5 milhões de trabalhadores formais no país, dos quais 35,4 milhões gozam dos benefícios da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

Os grupos representam, respectivamente, 45,6% e 37,1% da População Economicamente Ativa do país (95,38 milhões de pessoas em 2009, segundo a Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios).

"A economia continua aquecida e forte. Neste ritmo, com certeza alcançaremos a meta de 2,5 milhões de novos empregos criados em 2010", disse, após divulgar os dados, o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, segundo nota oficial.

De acordo com o ministério, entre todas as regiões do país, o Nordeste teve o melhor desempenho em outubro, com a criação de 53.291 vagas, recorde histórico para a região.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.