Brasil assina acordos com Moçambique

Os presidentes do Brasil e de Moçambique assinaram hoje, no Palácio do Planalto, nove atos de cooperação nas áreas de saúde, educação e telecomunicações. Entre eles estão a implementação, em Moçambique, do Programa Nacional de Controle da Aids e dos projetos Bolsa Escola e Alfabetização Solidária. O presidente moçambicano, Joaquim Chissano, destacou, em rápida entrevista, a importância desses acordos. No projeto Bolsa Escola a idéia, segundo ele, é angariar fundos junto à comunidade. "Tem muita gente que tem possibilidade e que pode ajudar, e vamos tentar mobilizar o empresariado nacional e também a comunidade internacional", disse Chissamo. "Vamos encontrar algumas pessoas de boa vontade", acrescentou. O presidente moçambicano acompanhará o presidente Fernando Henrique Cardoso na viagem a Assunção, Paraguai, para a reunião de cúpula do Mercosul. O objetivo, segundo o presidente brasileiro, é buscar uma maior integração para as zonas de livre comércio. "Isso mostra que a nossa cooperação vai além do nível binacional", disse Fernando Henrique.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.