Brasil ainda tem problemas do século 19, diz secretário

O Brasil ainda tem problemas "do século 19" para resolver no processo de modernização do Estado, disse hoje o secretário de gestão do Ministério do Planejamento, Francisco Gaetani. "Embora estejamos em 2007, o Brasil enfrenta desafios dos séculos 19, 20 e 21", disse ele na abertura do fórum global "Modernizando o governo: estratégias e ferramentas para a mudança", realizado pelo Planejamento e a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), no Rio. Gaetani explicou que os desafios do século 19 estão relacionados ao excesso de cargos de confiança e poucas funções profissionais em alguns ministérios do governo. Segundo ele, o principal desafio atual na profissionalização da gestão pública é a "profissionalização do serviço público", que segundo ele ainda ocorre de forma muito heterogênea. Gaetani disse que enquanto ministérios como os do Planejamento, Fazenda e Relações Exteriores "são muito profissionalizados", outros, como dos Transportes, Integração Nacional e Cidades, "importantes para o PAC (Plano de Aceleração do Crescimento)" são constituídos por cargos de confiança. "Essa é uma reforma do século 19, muitos países já avançaram nesse ponto e no Brasil esse é um processo em curso, estamos criando carreiras profissionais na área de infra-estrutura e vamos seguir esse caminho na área social, para que não seja só a área econômica que conte com esse profissionalismo", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.