Braga e Ideli discutem Resolução 72 com Mantega

O líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), participa de reunião, nesta tarde, no Ministério da Fazenda, para discussão da Resolução 72, que pretende acabar com a chamada "guerra dos portos". A resolução busca unificar a cobrança de ICMS interestadual sobre produtos importados. A ministra da secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, também compareceu. A agenda do ministro da Fazenda, Guido Mantega, previa apenas encontros para debater o assunto com governadores.

CÉLIA FROUFE, Agência Estado

16 de abril de 2012 | 18h01

A chegada de Ideli e, depois, de Eduardo Braga, se deu após a saída do governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, do encontro com o ministro. Casagrande se mostrou insatisfeito com o resultado da reunião e disse que, a partir de agora, apelaria para o Senado. Ele chegou a alertar que a posição firme do governo poderia "contaminar outras votações no Senado". O Estado do Espírito Santo quer um período de transição para a unificação das alíquotas, mas o governo federal defende a criação de uma só taxa, de 4%, já a partir de janeiro de 2013.

A resolução 72 já foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça do Senado e agora precisa passar pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

Tudo o que sabemos sobre:
Eduardo BragaIdeliResolução 72

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.