Bové: governo pró-transgênicos serve às multinacionais

O líder dos pequenos agricultores franceses, José Bové, disse nesta quarta-feira que todo governo que protege os transgênicos está à serviço dasmultinacionais do setor. Foi sua resposta à pergunta sobre se considerava que sua detenção pela Polícia Federal - determinada pelo governo brasileiro, após adestruição de uma lavoura de soja transgênica da empresa norte-americana Monsanto,em Não-Me-Toque/RS - significava uma "prestação de contas" à indústria de sementese organismos geneticamente alterados. "E a Polícia Federal é uma auxiliar das multinacionais", disse Bové.A seu ver, o habeas corpus que obteve junto à 2ª Vara Criminal, da Justiça Federal, de Porto Alegre demonstrou que ele "tinha direito de participar do protesto".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.