Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Bornhausen quer Magistratura fora da reforma da Previdência

O presidente do PFL, senador Jorge Bornhausen, e os principais líderes do partido irão às 18 horas ao Supremo Tribunal Federal para defender a exclusão da magistratura na reforma da previdência. A bancada do PFL já está colhendo assinatura para apresentar proposta de emenda à reforma previdenciária, mantendo os direitos dos juízes e magistrados. Governadores não comparecem à comissãoO governadores do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto, do Amazonas, Eduardo Braga e de Alagoas, Ronaldo Lessa, não compareceram à audiência pública marcada para hoje, na Comissão Especial da Reforma da Previdência, na Câmara. Lessa, no entanto, deverá comparecer à comissão amanhã numa audiência com os governadores do Piauí, Wellington Souza, e da Bahia, Paulo Souto. Está prevista também para amanhã a presença do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, mas até agora ele não confirmou a sua participação. Rigotto justificou que há compromisso no Estado, para discutir o Plano Plurianual. E o governador do Amazonas queria enviar representante, mas o presidente da comissão, Roberto Brant (PFL-MG), recusou, alegando que a idéia da comissão é ouvir um depoimento político do governador e não técnico. Com isso, não houve sessão, hoje, na comissão especial.

Agencia Estado,

02 de julho de 2003 | 13h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.