Bornhausen nega apoio do PFL a Serra

A conversa nesta terça-feira com o ministro da Saúde, José Serra, foi mais uma de uma série contatos que o presidente do PFL, Jorge Bornhausen, vem realizando pessoalmente com eventuais pré-candidatos do PSDB à sucessão presidencial.Bornhausen já conversou com os governadores do Ceará, Tasso Jereissatti, de São Paulo, Geraldo Alckimin, e com o ministro das Comunicações, Pimenta da Veiga.Em todos esses encontros, o senador tem explicitado que é preciso encontrar um nome que reúna as condições eleitorais e que tenha trânsito entre os partidos da base aliada.Bornhausen esclareceu que, no almoço desta terça com o ministro José Serra, não avançou em explicitar um eventual apoio pessoal ou mesmo do PFL à uma suposta candidatura de Serra à sucessão do presidente Fernando Henrique Cardoso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.