Bornhausen confirma pré-candidatura de Maia à Presidência

O presidente nacional do PFL, senador Jorge Bornhausen, confirmou nesta segunda-feira a pré-candidatura do prefeito do Rio de Janeiro, César Maia (PFL) à sucessão presidencial em 2006. "O Lula é um candidato forte, mas não imbatível. O candidato do nosso partido é o prefeito César Maia e vamos nos posicionar para unificar a legenda em torno dessa candidatura", informou ele. O senador não descarta a repetição da aliança que elegeu o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e que teve como vice o pefelista Marco Maciel. No entanto, para o presidente do PFL, no cenário atual, a tendência é que tucanos e pefelistas tenham candidaturas próprias. Bornhausen disse ainda que, após as eleições municipais deste ano, o quadro eleitoral reduziu o número de candidaturas viáveis para 2006. "Muitos já sobraram, como Garotinho e Ciro Gomes. E o quadro reduziu-se a Lula, ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) e a César Maia do meu partido." No seu entender, a disputa presidencial de 2006 dificilmente fugirá dessa equação.IncompetênciaAo falar da reforma ministerial que o governo do presidente Lula vem realizando, Jorge Bornhausen destacou: "Vamos conviver com a incompetência por mais dois anos." E ressaltou: "Desde o início do governo, o Lula sempre esteve nessa situação, não tinha plano de governo, o PT não se preparou para governar e também não tem quadros".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.