DIda Sampaio/Estadão
DIda Sampaio/Estadão

Em São Paulo, Bolsonaro faz novos exames e almoça com Silvio Santos

Procedimento cirúrgico estava previsto para este mês, foi transferido para janeiro, mas o presidente eleito já falou em adiá-lo novamente

Julia Lindner e Mateus Fagundes, O Estado de S.Paulo

13 de dezembro de 2018 | 09h15

O presidente eleito Jair Bolsonaro está em São Paulo nesta quinta-feira, 13, e passou por uma bateria de exames no Hospital Albert Einstein. A avaliação médica precede a realização da nova cirurgia a que Bolsonaro será submetido para retirar a bolsa de colostomia. Depois de passar pelo hospital, o presidente eleito almoçou com o empresário e apresentador de TV Silvio Santos, dono do SBT. O encontro não estava previsto na agenda de Bolsonaro.

Inicialmente, o procedimento cirúgico de Bolsonaro estava previsto para este mês, foi transferido para janeiro, depois fevereiro, mas na semana passada, Bolsonaro havia dito que pretendia adiar mais uma vez a cirurgia, inicialmente prevista para 19 de fevereiro, para que ele participe do Fórum Econômico Mundial, em Davos (Suíça). A estimativa é que o período de recuperação seja de 10 a 15 dias.

Esta será a terceira cirurgia a que Bolsonaro será submetido desde que foi esfaqueado no abdômen, em setembro, durante a campanha eleitoral. Ele passou por uma cirurgia inicial, de grande porte, na Santa Casa de Juiz de Fora, depois uma segunda, já no Hospital Albert  Einstein, em São Paulo e desde então usa uma bolsa de colostomia. 

Bolsonaro tem previsão de retornar ainda nesta quinta-feira ao Rio de Janeiro.

Na quarta-feira, em Brasília, apesar de estar usando a bolsa de colostomia, Bolsonaro acompanhou o treinamento dos policiais federais do Comando de Operações Táticas (COT), deitando no chão e fazendo exercícios de apoio e flexão. Ele também praticou tiro.

Mais conteúdo sobre:
Jair BolsonaroSilvio Santos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.