Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Bolsonaro volta a defender turismo como fórmula para preservar meio ambiente

Presidente eleito sinalizou que a preservação, da forma como é feita hoje, trava o desenvolvimento econômico

Bárbara Nascimento, O Estado de S.Paulo

10 Novembro 2018 | 09h48

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) voltou a defender o "turismo associado ao meio ambiente", como forma de preservação. Pelo Twitter, ele sinalizou que a preservação, da forma como é feita hoje, trava o desenvolvimento econômico.

"O turismo associado ao meio ambiente é uma ótima fórmula comprovada para a preservação. A alegação do intocável age em prol de pequenos grupos, suga a mente de inocentes, enche o bolso de poucos e domina a grande maioria envolvida, travando o verdadeiro desenvolvimento!", afirmou pela rede social.

No sábado, em transmissão ao vivo pelo Facebook, ele já havia sugerido que o turismo em áreas protegidas impede que esses locais sejam abandonados. E defendeu que, com hotéis em áreas protegidas, esses locais estariam preservados.

Além disso, emendou que a forma de preservação adotada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) é "xiita".

Bolsonaro ainda sinalizou a intenção de fazer acordos com alguns países - sem deixar claro quais - para explorar a Amazônia. Sempre reiterando o discurso de que a exploração e as medidas de preservação devem ser feitas "sem viés ideológico".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.