Bolsonaro tem recepção de popstar em ato pró-impeachment no Rio

Políticou chegou ao protesto na praia de Copacabana, parou para fazer selfies, receber abraços e pedidos de 'tira a Dilma de lá'

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

13 de dezembro de 2015 | 15h15

Rio - O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) chegou à manifestação que acontece em Copacabana pouco antes do meio dia. O político foi recebido pelos manifestantes como um popstar e parou para fazer selfies, receber abraços e pedidos de "tira a Dilma de lá".

Ao Estado, Bolsonaro justificou sua presença na manifestação: "Vim porque sou cidadão. Recebi convites para estar em Manaus, Porto Alegre, Recife, Fortaleza. Nos outros (estados) não estive porque estava viajando", disse o parlamentar.

Trajando uma camiseta branca com a frase "Direita Já", ele falou sobre a possibilidade de impeachment da presidente Dilma Rousseff. "Tem que sair. Quanto mais a Dilma ficar lá, pior para o Brasil", disse.

Assinaturas. A manifestação que acontece em Copacabana também serve para o recolhimento de assinaturas em favor do projeto do Ministério Público Federal (MPF) que pede apoio para a implantação de dez medidas contra a corrupção. Luiz Alexandre, do movimento Vem Pra Rua, era um dos que recolhiam as assinaturas.

"Isso aqui independe de partido, depende de caráter. Assina quem tem ética", declarou. "Vim de São Gonçalo para mostrar que nossa manifestação não é exclusiva de moradores da zona Sul", comentou. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.