Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Bolsonaro está em Brasília para prosseguir reuniões de transição de governo

Na agenda estão reunião com o ministro extraordinário Onyx Lorenzoni e visitas à procuradora-geral da República Raquel Dodge e ao ministro do Tribunal de Contas Raimundo Carreiro

Daniela Amorim, O Estado de S. Paulo

20 Novembro 2018 | 06h24
Atualizado 21 Novembro 2018 | 11h42

RIO DE JANEIRO – O presidente eleito, Jair Bolsonaro, está em Brasília nesta terça-feira, 20, onde dará prosseguimento aos trabalhos de transição de governo. Ele se reuniu na Base Aérea de Brasília com o ministro da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, que vai permanecer no cargo na nova gestão.

Bolsonaro deixou sua casa em um condomínio da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, por volta das 5h20, escoltado por veículos da Polícia Federal. O presidente eleito embarcou na Base Aérea do Galeão, na zona norte. O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, estava no mesmo voo do presidente eleito.

Mais tarde, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) da cidade, onde funciona o gabinete de transição do governo, Bolsonaro se reúne com o ministro extraordinário Onyx Lorenzoni, que ocupará a Casa Civil no governo Bolsonaro. 

Na parte da tarde, o presidente eleito recebe integrantes da Associação das Santas Casas do Brasil e faz visita de cortesia à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e ao ministro Raimundo Carreiro, do Tribunal de Contas da União.

Bolsonaro permanece em Brasília até sexta-feira, quando vai a São Paulo pela manhã para exames pré-operatórios no Hospital Albert Einstein e embarca em seguida de volta ao Rio de Janeiro. 

Bolsonaro fará uma cirurgia no dia 12 para a retirada da bolsa de colostomia que está usando desde que foi esfaqueado, num ato de campanha eleitoral em setembro, em Juiz de Fora, na zona da mata de Minas Gerais.

 

Mais conteúdo sobre:
Jair Bolsonaro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.