Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Marcos Corrêa/PR
Marcos Corrêa/PR

Bolsonaro recebe dono da Havan, Luciano Hang, com abraço

Gesto fere recomendações de autoridades de saúde contra a pandemia do coronavírus

Mateus Vargas, O Estado de S.Paulo

29 de abril de 2020 | 16h05

BRASÍLIA – O presidente Jair Bolsonaro recebeu com um abraço o dono das lojas Havan, Luciano Hang, em reunião nesta quarta-feira, 29, no Palácio do Planalto. O gesto fere recomendações de autoridades de saúde contra o avanço do novo coronavírus, que pregam o distanciamento social como forma mais eficaz de se evitar a propagação da doença.

Hang participou de reunião de Bolsonaro com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e os empresários Flávio Rocha, presidente do Conselho de Administração do Grupo Guararapes, que inclui as lojas Riachuelo, e Meyer Joseph Nigri, fundador da Tecnisa.

Segundo uma pessoa presente na reunião, os empresários defenderam continuidade da agenda de Guedes, especialmente de reformas econômicas. O afrouxamento do isolamento social, segundo essa fonte, não entrou em pauta.

Bolsonaro tem prestigiado o ministro da Economia após atrito com Gudes por anúncio de plano econômico ao período pós-pandemia do coronavírus. Na segunda-feira, 27, ao lado do ministro, o presidente disse que Guedes “decide a economia” no Brasil.

Em imagens publicadas em rede social do Palácio do Planalto, Bolsonaro cumprimenta o dono das lojas Havan com gesto militar e com  um abraço. Ao lado, Guedes usa máscara para proteger-se da pandemia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.