Fabio Motta/ Estadão
Fabio Motta/ Estadão

Bolsonaro pavimenta a volta de Lula, diz Eduardo Jorge

Vice de Marina Silva chama eleitores de candidato do PSL de 'gente muito ingênua' e diz que vitória ao PT é possível no segundo turno

Marianna Holanda, O Estado de S.Paulo

11 Setembro 2018 | 16h53

O candidato a vice na chapa de Marina Silva (Rede), Eduardo Jorge (PV), disse nesta terça-feira, 11, que se o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, for para o segundo turno das eleições, o caminho estará “pavimentado” para a volta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, preso e condenado na Lava Jato.

“O pessoal que vota no Bolsonaro pensa que é muito esperto”, mas “é tudo gente muito ingênua”. Depois, o candidato a vice explica: “Bolsonaro é o candidato do Lula no 2º turno para, junto com candidato terceirizado que ele quer colocar na outra vaga da finalíssima, pavimentar a volta do Lula”, disse, em referência ao candidato do PT, anunciado hoje, Fernando Haddad. Lula foi impedido pela Justiça Eleitoral na madrugada de 1º de setembro.

Segundo o Datafolha divulgado na segunda-feira, 10, Bolsonaro perderia em um eventual segundo turno para todos os principais candidatos da disputa, incluindo Marina, menos para Haddad, com quem aparece empatado tecnicamente com 38% e 37%, respectivamente.

O candidato do PSL, que foi esfaqueado na última semana, aparece liderando na pesquisa com 24%. Sua rejeição, contudo, está também no maior patamar, com 43%. “O candidato terceirizado do Lula vai dar de 7 a 1 no Bolsonaro”, completou.

As declarações de Eduardo Jorge foram dadas durante transmissão do Facebook de Marina Silva, ao lado da atriz Maitê Proença. A campanha da candidata faz hoje uma live com artistas na rede social para pedir doações à sua campanha. Em uma hora, já haviam arrecadado R$ 10 mil.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.