Ricardorick19/Futura Press
Ricardorick19/Futura Press

Bolsonaro passeia em Guarujá e pergunta a apoiador 'por que todo cearense tem cabeça grande'

De folga durante o carnaval, presidente visita mercado, 'embarca' em ônibus, toma café na padaria e coloca chapéu de cangaceiro

Lucas Melo, Especial para o Estado

22 de fevereiro de 2020 | 13h12

GUARUJÁ - O presidente Jair Bolsonaro aproveitou a manhã deste sábado, 22, para circular pelas ruas do Guarujá, no litoral de São Paulo, onde passa o carnaval. Rodeado de seguranças, tomou café em uma padaria, visitou dois mercados e ainda 'embarcou' em um ônibus municipal para cumprimentar moradores. Em uma das paradas que fez, no bairro de Guaiuba, chamou um apoiador que usava chapéu de cangaceiro e perguntou em voz alta, mas em tom de brincadeira, 'por que todo cearense tem cabeça grande'.

Bolsonaro ainda tirou o chapéu do senhor, colocou em sua cabeça e, em seguida, tiraram uma foto. O apoiador, então, afirmou que era do "Rio Grande do Norte", mas respondeu a pergunta no ouvido do presidente, que, avisou o público que o acompanhava que não poderia revelar o que havia sido dito.

A pergunta foi gravada pela assessoria e postada nas redes sociais oficiais da Presidência (acima, a partir dos 22 minutos). No passeio, Bolsonaro estava acompanhado do deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ), o Hélio Negão, o mesmo a quem o presidente afirmou que "tinha dado uma queimadinha" em live na quinta, 20.

Desde que assumiu o cargo, em 2019, o Guarujá tem sido o principal destino de descanso do presidente. Bolsonaro esteve na cidade litorânea nos feriados da Páscoa, Proclamação da República e em janeiro deste ano, quando tirou alguns dias de folga após o Reveillón.

Assim como das outras vezes, Bolsonaro está hospedado no hotel de trânsito que fica localizado dentro do Forte dos Andradas, a última fortaleza construída no Brasil e inaugurada em 1942, durante a Segunda Guerra Mundial. A fortificação conta com a praia do Monduba, que fica restrita quando o presidente está no local.

Bolsonaro visita tenda de apoio ao Aliança pelo Brasil

Após voltar do passeio, Bolsonaro cumprimentou representantes do Movimento Aliança pelo Brasil. O encontro aconteceu em uma tenda montada com a finalidade de colher assinaturas para a criação do partido, a poucos metros da entrada do Forte dos Andradas, local onde o chefe do Executivo Federal passa o feriado de carnaval.

"Ele parou, nos apoiou e pediu para continuarmos ajudando na criação do partido. Nem esperávamos que ele fosse parar. O presidente cumprimentou e tirou fotos com todos", disse o responsável pelo movimento em Guarujá, Clayton Leite.

Uma tenda com fotos do presidente e logomarca do Aliança pelo Brasil foi montada nas proximidades da fortificação militar onde o presidente está hospedado para colher novas assinaturas. Segundo Leite, o movimento aumentou, porém a meta ainda não foi atingida.

"Com a estadia do Bolsonaro o movimento de novas adesões aumentou. Temos 800 assinaturas já coletadas aqui na cidade e esperamos chegar a duas mil até o final do mês", explicou.

Até agora, em dois meses, o Tribunal Superior Eleitoral validou 2,9 mil assinaturas das 492 mil necessárias para a criação do partido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.