Marcos Correa/ PR
Marcos Correa/ PR

Bolsonaro manda recado a Maia: 'Seja feliz, tudo acaba um dia, meu mandato vai acabar um dia'

Deputado desiste de participar da cerimônia de abertura do ano judiciário ao saber da presença de presidente

Matheus de Souza e Sofia Aguiar, O Estado de S.Paulo

01 de fevereiro de 2021 | 11h11

BRASÍLIA - À espera da decisão do novo comando para a presidência da Câmara dos Deputados, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mandou recado para o atual comandante da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Durante conversa com apoiadores, o presidente desejou que Maia “seja feliz” e ressaltou que “tudo acaba um dia”. “Meu mandato vai acabar um dia”, concluiu.

O recado de Bolsonaro a Maia ocorre após o presidente da Câmara ameaçar aceitar um pedido de impeachment contra o presidente da República neste domingo, 31. Diante da notícia de que o DEM abandonaria a candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP), a quem apoia na corrida pelo comando da Casa, Maia afirmou a aliados que poderia aceitar não só um, como mais pedidos de impeachment em seu último dia de mandato.

Logo após a conversa com apoiadores, Bolsonaro foi para o Supremo Tribunal Federal (STF), onde ocorre a cerimônia de abertura do ano judiciário, iniciada às 10hs. Maia, que tinha previsão de ir ao evento, cancelou sua participação ao saber da ida do presidente. A mudança na agenda de Maia ocorre em meio às tensões da eleição para o comando da Câmara, que ocorre hoje. 

O compromisso no STF não constava na agenda pública de Bolsonaro, que chegou ao local por volta de 9h40. Desde ontem, a solenidade constava na agenda de Maia. O procurador-geral da República, Augusto Aras, também não está na cerimônia. O chefe do Ministério Público acompanhará o evento virtualmente. Estão presentes presencialmente no evento, além de Bolsonaro, os ministros Luiz Fux, Dias Toffoli, Rosa Weber, Luís Roberto Barroso e o ministro da Justiça, André Mendonça. O atual presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-RJ) também participa da solenidade.

Para Entender

Veja o placar da eleição para presidente da Câmara dos Deputados

Baleia Rossi, candidato de Rodrigo Maia, e Arthur Lira, apoiado por Bolsonaro, lideram corrida pela presidência da Casa; siga distribuição de votos por deputado, partidos e Estados

A eleição para presidência da Câmara ocorre nesta segunda, a partir das 19h. Enquanto Maia apoia a candidatura de Baleia Rossi (MDB), o candidato do Planalto é o líder do Centrão, Arthur Lira (Progressitas-AL). Confiante na vitória de Lira, Bolsonaro terminou a conversa com apoiadores dizendo que “se Deus quiser, vai dar tudo certo”.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.