Marcos Correa/Presidência da República
Marcos Correa/Presidência da República

Bolsonaro diz que alguns ministros 'não têm tato político' e isso causa imprevistos

'(Alguns) Têm a questão técnica, mas não têm a questão política e, em consequência disso, acontecem alguns imprevistos', afirmou o presidente em reunião com governadores do Nordeste

Julia Lindner, O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2019 | 14h57

BRASÍLIA - Sem citar nomes, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que alguns ministros não têm o devido tato político, o que gera "alguns imprevistos" para o governo. Em tom mais conciliador, o presidente falou a integrantes da bancada do Nordeste no Congresso, pela manhã, que espera ter "harmonia" para mudar a situação do Brasil.

"É um governo que se inicia, temos muita vontade de acertar, temos bons ministros. Alguns não têm o devido tato político. Têm a questão técnica, mas não têm a questão política e, em consequência disso, acontecem alguns imprevistos. Mas todos nós estamos focados no futuro do nosso Brasil. Nós temos potencial para atingirmos o nosso objetivo", disse.

Ele também se colocou à disposição para ouvir e ajudar os deputados e senadores, considerados importantes na defesa da reforma da Previdência nos Estados.

"Não temos problemas para buscar, não medir esforços para atendê-los naquilo que for possível", disse Bolsonaro. Ele afirmou que considera o encontro com parlamentares "muito importante" e lembrou que planeja se reunir na sexta-feira, em Pernambuco, com governadores do Nordeste. "O somatório de vocês é muito maior do que os governadores. Então essa opinião, esse saber onde o calo aperta com mais particularidade em cada Estado, isso nos leva para lá com uma base maior."

A reunião ocorre na mesma semana em que o presidente fará a primeira viagem ao Nordeste, para entregar casas populares e anunciar mais verbas para obras de infraestrutura. É nessa região que o presidente registra as piores avaliações - para 40% dos nordestinos, o governo é ruim ou péssimo, conforme o Ibope.

Tudo o que sabemos sobre:
Jair Bolsonaro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.