Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
DIDA SAMPAIO/ESTADAO
DIDA SAMPAIO/ESTADAO

Bolsonaro diz a deputados: ‘Parlamento é meu, Presidência é de vocês’

É a segunda vez que o presidente vai ao Legislativo em menos de duas semanas; gesto indica aproximação com deputados

Renato Onofre e Julia Lindner, O Estado de S.Paulo

04 de junho de 2019 | 14h12
Atualizado 05 de junho de 2019 | 10h21

BRASÍLIA  - O presidente Jair Bolsonaro esteve nesta terça-feira, 4, no Congresso em mais uma tentativa de aproximação com os parlamentares. Sem uma base aliada consolidada e após enfrentar sucessivas derrotas em votações na Câmara, o presidente foi entregar a proposta que modifica o Código de Trânsito, uma de suas promessas de campanha. “O Parlamento é meu e a Presidência é de vocês”, disse Bolsonaro aos deputados - acompanhe os projetos do governo no Monitor Bolsonaro

Tratando o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), como “nosso presidente”, disse que a relação mais próxima “fortalece a democracia”. “Eu fiquei aqui 28 anos e tenho momentos muito felizes aqui dentro. E estar ao lado de vocês nos fortalece e nossa democracia”, afirmou Bolsonaro.

O gesto do presidente ocorre no momento em que Palácio do Planalto, Congresso e Judiciário discutem a assinatura de um pacto entre os Poderes e após manifestantes elegeram o Congresso e, principalmente, Maia, como alvo de críticas nos atos a favor do governo no último dia 26.

Embora sem uma participação direta do governo nas manifestações, parlamentares entenderam que houve incentivo de Bolsonaro aos atos.

Foi a segunda vez em menos de duas semanas que o presidente visitou a Câmara. Na semana passada, Bolsonaro atravessou a pé a pista que separa o Palácio do Planalto e o Congresso para participar de uma homenagem ao humorista Carlos Alberto da Nóbrega. Na ocasião, Maia ficou irritado por não ter sido avisado. Desta vez, o presidente da Câmara chegou bem humorado, avisando à imprensa que “estava feliz”. O compromisso constava da agenda oficial dos dois desde a noite anterior.

“Obviamente, estamos vindo aqui para apresentar um projeto e também para conversar um pouco com Rodrigo Maia, nosso presidente. Um projeto que já conversei com ele no passado de nossa intenção e, algumas ideias, vieram do próprio Rodrigo Maia. Mas, em grande parte, pegamos ideias de projetos que tramitavam em nossa Casa e mexe com todo mundo”, disse o presidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.