Casa Rosada
Casa Rosada

Bolsonaro deixa críticas a Fernández de lado e tem encontro amigável com presidente argentino

Vídeo divulgado pelo presidente brasileiro nas redes sociais mostra um aperto de mãos acompanhado de risos das duas partes

Eduardo Gayer, O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2021 | 18h21

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro decidiu por uma trégua nas críticas ao presidente da Argentina, Alberto Fernández, e teve neste sábado um encontro rápido e amigável com o líder do país vizinho durante a cúpula do G20, que acontece neste final de semana em Roma, na Itália. 

Vídeo divulgado por Bolsonaro nas redes sociais mostra um aperto de mãos acompanhado de risos das duas partes. Não é possível saber, no entanto, o que os dois conversaram. 

A postura do presidente destoa das reiteradas críticas que costuma fazer à Argentina e à gestão de Fernández. Frequentemente, sobretudo nas transmissões ao vivo nas redes sociais e a apoiadores em frente ao Palácio do Planalto, Bolsonaro afirma que o país vizinho caminha para se tornar uma Venezuela, como consequência de medidas tomadas pela Casa Rosada para conter o novo coronavírus. 

Além de Fernández, o presidente brasileiro teve rápidos encontros com os primeiros-ministros Mario Draghi (Itália), Boris Johnson (Reino Unido) e Narendra Modi (Índia). Além disso, conversou com o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, a quem disse que a Petrobras é um problema. 

Entre as reuniões formais, Bolsonaro esteve no final da manhã (pelo horário de Brasília) com o secretário-geral da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), Mathias Cormann. Mais tarde, participa de jantar oferecido pelo presidente da Itália, Sergio Matarella. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.