Fabio Rodrigues Pozzebom/Agencia Brasil
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agencia Brasil

Bolsonaro anuncia Gustavo Henrique Canuto no Ministério do Desenvolvimento Regional

Anúncio foi feito no Twitter do presidente eleito nesta quarta; segundo o texto, futuro ministro é servidor de carreira do Ministério do Planejamento

Carla Bridi e Marianna Holanda, O Estado de S.Paulo

28 Novembro 2018 | 15h58

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou na tarde desta quarta-feira, 28, mais um ministro de seu governo: Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto assumirá o Ministério do Desenvolvimento Regional.

O anúncio foi feito no Twitter de Bolsonaro. Segundo o texto, Canuto é servidor efetivo do Ministério do Planejamento e é o atual chefe de gabinete do Ministério da Integração Nacional, integrante da carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG). É graduado em engenharia da computação pela UNICAMP e trabalhou como especialista em sistemas na IBM Brasil.

O presidente eleito falou ainda na terça-feira, 27, sobre a possibilidade da criação do Ministério do Desenvolvimento Regional, que agregará as competências que hoje estão nas Pastas de Cidades e Integração Nacional. 

Durante coletiva nesta quarta-feira, o futuro ministro da pasta falou sobre a proposta orçamentária para o Desenvolvimento Regional, apresentada pelos Ministérios das Cidades e Integração Nacional. 

Também na terça, Bolsonaro havia dito que informaria nesta quarta quem comandará o Ministério do Meio Ambiente. Entre os cotados está o ex-secretário de Meio Ambiente de São Paulo, Ricardo Salles, de 43 anos, candidato derrotado do Novo à Câmara. O engenheiro agrônomo Xico Graziano também tem conversado com a equipe do presidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.